sábado, 12 de janeiro de 2013

Tentando ser uma mãe organizada



Eu nunca, nunca fui organizada. Houve um tempo em acabei criando meus métodos para não me perder. Mas isso foi antes de ter que tocar uma casa e criar um filho. Aí o bicho pegou. No início do ano passado eu já não aguentava mais esquecer compromissos e minha própria desorganização. Por algum motivo, naquilo que é relacionado com meu filho, eu nunca tive problemas mas a casa e minhas tarefas pessoais iam de mal a pior.  Fui diagnosticada com TDA e o médico além de uma receita me deu uma opção. Eu poderia tentar métodos mais eficientes para me organizar e também me cobrar menos.

Comecei a ler várias páginas de organização e levei meses até ser capaz de criar um pequeno planejamento para a casa e a vida. Descobri algo que todo mundo parece já saber. Sem o tal planejamento tudo fica difícil. Organização, definitivamente é algo com o qual uma pessoa como eu precisa se preocupar pelo simples fato de que é uma questão de sobrevivência. Eu ainda não estou curada , ainda empurro coisas com a barriga, mas com muito menos frequência. Quanto à parte de cobrar menos de mim mesma, esta é a mais difícil e sigo tentando. Quem não sonha ser perfeita? Tento me lembrar a todo tempo que melhor que ser perfeita é ser equilibrada. Afinal, perfeição não existe, equilíbrio sim.

Por conta desta minha busca por uma vida mais equilibrada e com mais organização , tenho colecionado ideias e imagens que a partir de agora pretendo dividir com vocês. Abaixo 3 maneiras diferente de usar a boa e velha sapateira. 

Um jeito de arrumar as miudezas e material de artes das crianças

Um lugar perfeito para os bonecos

Uma maneira de ganhar espaço extra nos armários





Update para fontes das imagens, como bem lembrou Fernanda Reali :  Google, The container store ,  The complete guide to imperfect homemaking - com PAP

2 comentários:

  1. Super me identifiquei Vanessa.

    Sou muito desorganizada, e eu piorei quando vim morar nesta casa infinitamente maior que o apertamento em que morava. Hoje tô um pouco melhor pelo simples fato de não me cobrar tanto, continuo desorganizada, mas sem cobranças. Eu estava me fazendo tanto mal, teve uma época que achei que não era feliz.

    Agora tô numa boa.

    Gostei das dicas.

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, Claudia. Agora vc me surpreendeu. Sempre achei que fosse mais fácil organizar com espaço, moro em apartamento pequeno e é fácil culpar a falta de espaço. Se eu mudar pra um lugar maior, como vou fazer isso? :-)

      bjs

      Excluir

Comente, debata conosco, deixe sua opinião. Mãe é tudo igual agradece.

Web Analytics ▲ Topo