terça-feira, 27 de novembro de 2012

Salto alto para crianças não é legal #ficadica



Não há como fugir, pelo menos por enquanto. Quando se fala em adultização, as meninas são as maiores vítimas. Nossa sociedade, com seus valores algumas vezes estranhos,  aos poucos acabou por criar este problema e agora só nos resta lutar contra ele. Lembro-me muito bem das botas de couro de cano longo de minha mãe. Sempre que ela não estava por perto eu dava um jeito de calçar as botas e ficar andando pelo quarto. Um dia ela se deu conta de que elas estavam estragando e sumiu com a chave do armário.  Brincadeiras como esta, nas quais as crianças sonham o dia em que serão adultas é normal e saudável. O que não é normal é criança vivendo vestida de adulto, meninas usando acessórios de mulheres adultas que poderão prejudicar seu desenvolvimento.




Segundo ortopedistas, os calçados de crianças não devem ultrapassar 2cm de altura sob pena de causarem problemas para toda a vida - clique na matéria do site Unimed para saber mais . A pergunta que fazemos é:  por que uma criança deveria usar sapatos de salto no seu cotidiano? As respostas a esta pergunta, invariavelmente estão ligadas às questões da adultização. As meninas desejam, cada vez mais, a aparência de mais velhas. E alguns dizem que isso vem sendo incentivado pelas mães.  Mas, será que as mães que concordam  estão cientes de todos os riscos? Será que todas as mães que deixam as filhas usarem saltos acima dos 2cm foram alertadas de que as meninas podem ter a musculatura da perna encurtada, desenvolver esporão calcâneo e dores para o resto da vida adulta como diz o ortopedista na matéria abaixo? Acho difícil. 




Não bastasse as crianças vestirem-se de adultas ainda sofremos de falta de informação aguda. Um projeto de lei, n. 1885/11 tramita na Câmara dos Deputados com intuito de proibir a venda de saltos acima do recomendado pelos médicos para crianças abaixo de 12 anos e ainda fazer incluir na propaganda de calçados femininos advertências claras sobre o risco do uso saltos altos por crianças. É claro que este tipo de informação só será dada se for imposta por lei. Dificilmente a indústria alertará que o uso contínuo de seu produto é perigoso. A ideia que a indústria de calçados quer passar é bem diferente.





Informações do Fabricante
Sandália Anabela Infantil Hello Kitty Fica Dica + Relógio 20932 Tam 23 ao 35 Cabedal: Confeccionado em PVC injetado .Detalhe em alto relevo da personagem na tira frontal. Fechamento em fivelas na lateral para dar ajuste perfeito aos pés.  Tira do calcanhar em listras coloridas.Obs: Na compra deste produto, GANHE exclusivamente uma linda “Pulseira que vira Relógio” da Hello Kitty.Palmilha: Macia e flexível, em material de fácil limpeza.Salto: Anabela com estampa que remete a palha .Altura: 5cm Solado: Possui solado em PVC expandido.Indicação: Ideal para usar em ocasiões casuais ou de passeio.
Peso: 495g

O que a indústria e a sua propaganda realmente desejam é que as frequentem festas usando saltos e celulares, maquiagem, estejam em salões de beleza e consumam mesmo antes dos 12 anos como se tivessem 18. Se famílias com crianças consomem muito, as famílias com adolescentes consomem muito mais. Ouço pessoas que dizem " Ah, mas as meninas gostam." Sim, elas gostam e, se eu fosse uma menina também gostaria da ideia de me vestir de adulta forever. A questão é se vale a pena sacrificar saúde física e mental delas. Crianças querem mesmo é brincar, ainda que a indústria de calçados diga o contrário. Num país onde a expectativa de vida da mulher é de 76 anos, por que não podemos deixar a infância durar 12? 





  

Um comentário:

  1. Tenho uma filha de 03 anos e 03 meses, como toda mãe coruja, viu sua coleguinha com uma sandália Hello Kitty fica a dica, não deu outra tive que comprar uma igual para ela, mas a sandália tem 05 cm de salto anabela e ela não tira do pé, estou muito preocupada com esse presente que dei sem pensar, pesquisando estou vendo que é prejudicial a saúde dela e agora o que fazer, me ajudem. Abraços

    ResponderExcluir

Comente, debata conosco, deixe sua opinião. Mãe é tudo igual agradece.

Web Analytics ▲ Topo