quarta-feira, 13 de abril de 2011

Mãe é tudo igual completa um ano com promoção


bolo_aniversario


Em 03 de maio próximo, este humilde bloguinho completa um ano de idade. Estou muito feliz com o acontecimento pois apesar de não ter estatísticas, como blogueira experiente, sei que boa parte dos blogs não passa dos primeiros seis meses. Já discuti vários temas relevantes para mim aqui e ainda tenho muito mais o que falar. Acredito que este blog me ajuda a ser uma mãe melhor na medida em que possuo um canal para debater os problemas que observo, vivencio e busco resposta. Aqui conheci pessoas interessantes que vivem realidade semelhante á minha ou , pelo contrário, vidas completamentes diferentes. O blog cresceu e eu cresci. Espero continuar por mais um tempo por aqui.

Quando engravidei achei que seria uma mãe perfeita, como eu disse no artigo Mães de Sucesso, publicado outro dia. Seria completamente diferente da minha mãe, que muitas vezes me parecia um sargento disfarçado de mamãe, outras vezes uma bruxa e, outras tantas minha amiga. Tive uma educação muito rígida, com muitas cobranças de rendimento escolar e comportamento. Como eu não tinha dificuldades na escola e sempre fiz o tipo paradona, perdida dentro da minha cabeça e preferindo os livros a aglomerações, fui poupada de embates piores com minha mãe. Mas lembro que uma vez, minha irmã caçula, ainda criança perguntou: “Mãe, você não sabe dizer sim, só fala não?” Minha mãe teve seus motivos, ficou viúva cedo com as filhas por criar, não podia deixar o angú desandar. Acontece que eu sonhava uma coisa diferente.

Depois do nascimento do meu filho, descobri que a tal coisa diferente não seria tão fácil assim. Todos os dias sou testada na minha performance de mãe que gostaria de ser perfeita, aquela mãe distante da minha, o sargento. Por isso quando fiquei sabendo do lançamento do livro O grito de guerra da mãe tigre da professora universitária Amy Chua, que fez bastante barulho nos EUA e Grã-Bretanha. A polêmica , se você ainda não ouviu falar do livro, reside no fato de Chua narrar sua experiência em educar suas filhas através do método chinês de cobrança de excelência permanente vivendo na América. E detalhe: seu marido é judeu americano. A chamada de capa do livro parecia retratar minha mãe. Afinal, para ser uma mãe chinesa, você precisa pensar que:


1- os deveres escolares são sempre prioritários;
2- um A-menos é uma nota ruim;
3- seus filhos devem estar dois anos à frente dos colegas de turma em matemática;
4-os filhos jamais devem ser elogiados em público;
5- se seu filho algum dia discordar de um professor ou treinador, sempre tome partido do professor ou do treinador;
6- as únicas atividades que seus filhos deveriam ter permissão de praticar são aquelas em que pudessem ganhar uma medalha;
7- essa medalha deve ser de ouro.



Amy-Chua-and-daughters
Amy e suas filhas, as "sobreviventes" Sophia e Lulu.


É verdade que minha mãe não era exatamente assim. Mas, chegou perto, bem perto.Ela própria se reconheceu ao ver uma reportagem sobre Amy Chua  e me telefonou contando. Mães chinesas podem, como diz a autora,   nascer em toda parte. Eu, que já li metade do livro, afianço que vale a leitura. Não para nos transformar em mães chinesas, mas para avaliarmos o quanto temos sido permissivas ou, ao contrário, exigentes e competitivas demais. E ainda é possível perguntar, quem será mais infeliz o chinês educado pela mãe tigre ou o ocidental criado pela mãe que precisa acompanhar as dicas da supernanny? E ainda dá pra refletir, é possível encontrar o caminho do meio, como ensina o TAO, o equilibrio na criação de nossos filhos neste louco mundo líquido de hoje?



grito-de-guerra-da-mae-tigre-208x300


Por conta disso tudo, aviso que em parceria com a Editora Intrínseca, o blog vai presentear com dois exemplares do livro Grito de Guerra da Mãe Tigre à
as leitoras do Mãe é tudo igual. Para participar você, que possui um blog, pode escrever um artigo até  8 de maio com o tema : O quanto de mãe chinesa há em mim?  e deixar o link na seção de comentários. Agora , você que não tem um blog, não pode ou prefere não escrever o artigo, deixe sua resposta à mesma pergunta através de comentário, também até 08 de maio. As blogueiras que escreverem o artigo concorrerão ao primeiro exemplar e as comentaristas concorrerão ao segundo exemplar. Cada participante receberá um número e os livros serão sorteados através da extração da loteria federal do dia 13/05. Agradeço desde já quem queira ajudar na divulgação.


Update - Quem já publicou :


Livro Aberto da Elô

Peculiarizar

23 comentários:

  1. Parabéns Flor pelo aniversário!! Vou querer participar. Vou fazer uma postagem lá no blog. Depois volto com o link!! bjus

    ResponderExcluir
  2. Olá querida Vanessa! Parabééééééééééééééns! Felicidades para você e seu Blog, eu acho tudo uma delícia e olha que nem sou mãe ainda, mas sempre que posso passo para espiar por achar que é um assunto que não cansamos de descobrir... Show! Parabéns e vida longa!
    Beijo, beijo!
    She

    ResponderExcluir
  3. Puxa, Vanessa. Parabéns a você, parabéns ao blog.
    Não sei se a coisa toda se resume a erros e acertos, mas nas boas tentativas.
    Compartilho seus pensamentos e vou postar no peculiarizar nosso pensamento a respeito, afinal, claro também quero ganhar a promoção!

    ResponderExcluir
  4. Vanessa! 3 de maio é meu aniversário, 37 anos!
    E eu quero participar desse sorteio, claro, já publiquei meu texto: http://casadaelo.blogspot.com/2011/04/o-quanto-de-mae-chinesa-ha-em-mim.html

    ResponderExcluir
  5. Obrigada pela dica Vanessa.
    Vou ler.
    Abrs

    ResponderExcluir
  6. Caramba, já tem 1 ano? Cresceu rapido igual criança. Rs
    Vou botar minha cachola para pensar na resposta.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Querida, adorei cada post de seu blog, tem tudo a ver com o meu cantinho. Dá uma passada lá e vê o que você acha. E aproveita pra participar do sorteio: chabebevirtual.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Putz, antes de ver o desafio, eu já estava aqui pensando com meus botões que não tenho NADA a ver com essa mãe tigre...vou ver se consigo bolar um post legal...eheheh
    Beijo grande!

    ResponderExcluir
  9. Ai... sei nao... essa mae chinesa... nao sei... acho que sou bem diferente... ensino meus filhos que e' "natural" falhar, que eles devem ter aspiracoes, lutar por eles, fazer o melhor de si, crescer, desenvolver, etc, etc, mas sem pressao - pois a vida ja' pressiona naturalmente, ne'? Claro que eu quero que eles sejam os "the best", mas quero que eles aceitem os limites "naturais" de cada um... e que possam "desenvolver o potencial que cada um tem"- diferentes potenciais - e que busquem "controlar" os "defeitos de fabricacao"(risos), moldando-se para serem "pessoas melhores, dignas, respeitosas, etc-etc", "controlando" os tais "defeitinhos" que todos temos, em suas diferentes proprocoes!... Sei la'... ACHO QUE E' ISSO...

    QUANTO AO BLOG... SUPER-FELIZ ANIVERSARIO!!!! TUDO DE UUUUOTIIIIIIMOOOO E MUITO SUCESSO PRA VC E "ELE"!!!!

    ResponderExcluir
  10. Ah! Vanessa... me desculpe... falei pra caramba e... bem... fica o POST da BLOGAGEM COLETIVA proposta para uma outra vez... ta'bem? Nao sei o que dizer dessa "mae"... a epoca do lancamento do livro ate' cheguei a publicar alguma coisa la' no Blog... nao sei se viu...

    Ah! E vc ja'viu o "NOVO ANEXO DA ESPOSA EXPATRIADA"? O "UMA MAE EXPATRIADA"?
    Bjs!

    ResponderExcluir
  11. Vanessa

    Pode contar com minha participação. Mesmo que os princípios de nossa educação não tenham sido regidos com normas tão rígidas no fundo sempre desejamos o melhor para eles. Serem os The best está na alma de qualquer sonhos de mãe.

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Parabéns pelo blog. Já postei http://www.peculiarizar.com/2011/04/o-quanto-de-mae-chinesa-ha-em-mim.html !

    ResponderExcluir
  13. Oi! Gostei tanto do seu post que vou participar do sorteio com o meu blog pessoal. Quando eu postar te aviso, tá? Beijos! Tati

    ResponderExcluir
  14. Oi,adorei seu blog.
    Vou deixar o comentário aqui, dentro da lista da mãe chinesa eu não tenho nada, elogio meus filhos,não exijo que sejam os primeiros da clase e tal,mas costumo ser rigída em outros pontos quanto ao horário de dormir, respeito com os mais velhos, quero que me obedeçam quando mandar e por aí vai...Criança precisa de limites sempre...ñ tantos quantos da Mãe tigre,mas alguns sim...
    Bjs!Sucesso!!!

    ResponderExcluir
  15. Boa noite, ja estou participando vou mandar em breve meu texto...bjin

    ResponderExcluir
  16. Bem estmos aqui, nos inscrevendo com o blog da curiosa.
    Vou postar e logo te enviarei o link de postagem.
    Bjs.
    Sandra

    ResponderExcluir
  17. JÁ POSTEI NA CURIOSA. TIVE QUE FAZER COM A DATA RETROATIVA.
    http://sandraandrade8.blogspot.com/2011/04/tem-sorteio.html
    AMANHÃ POSTAREI NA INTERAÇÃO DE AMIGOS. NÃO CONSIGO MAIS HOJE. BJS.
    SANDRA

    VAMOS GANHAR ESTE LIVRE. BOA SORTE A TODOS.
    PARABÉNS VANESSA PELO LIVRO.

    ResponderExcluir
  18. JÁ FIZ A CHAMADINHA NA INTERAÇÃO DE AMIGOS É SÓ VIM E CONFERIR.
    http://sandrarandrade7.blogspot.com

    farei a mesma coisa na curiosa.
    bjs.

    ResponderExcluir
  19. Vanessa minha amiga aqui estou no apagar das luzes deixando o link da minha participação.

    http://mamyrene.blogspot.com/2011/05/o-quanto-de-mae-chinesa-ha-em-mim.html

    Adorei o novo visual!!!! Está arrasando!! Fiucou lindo !!!

    Espero que tenha passado umm lindo dia das mães.

    Beijos e uma boa semana

    ResponderExcluir
  20. Vanessa minha amiga aqui estou no apagar das luzes deixando o link da minha participação.

    http://mamyrene.blogspot.com/2011/05/o-quanto-de-mae-chinesa-ha-em-mim.html

    Adorei o novo visual!!!! Está arrasando!! Fiucou lindo !!!

    Espero que tenha passado umm lindo dia das mães.

    Beijos e uma boa semana

    ResponderExcluir
  21. Boa noite, ja estou participando vou mandar em breve meu texto...bjin

    ResponderExcluir
  22. Oi,adorei seu blog.
    Vou deixar o comentário aqui, dentro da lista da mãe chinesa eu não tenho nada, elogio meus filhos,não exijo que sejam os primeiros da clase e tal,mas costumo ser rigída em outros pontos quanto ao horário de dormir, respeito com os mais velhos, quero que me obedeçam quando mandar e por aí vai...Criança precisa de limites sempre...ñ tantos quantos da Mãe tigre,mas alguns sim...
    Bjs!Sucesso!!!

    ResponderExcluir
  23. Ah! Vanessa... me desculpe... falei pra caramba e... bem... fica o POST da BLOGAGEM COLETIVA proposta para uma outra vez... ta'bem? Nao sei o que dizer dessa "mae"... a epoca do lancamento do livro ate' cheguei a publicar alguma coisa la' no Blog... nao sei se viu...

    Ah! E vc ja'viu o "NOVO ANEXO DA ESPOSA EXPATRIADA"? O "UMA MAE EXPATRIADA"?
    Bjs!

    ResponderExcluir

Comente, debata conosco, deixe sua opinião. Mãe é tudo igual agradece.

Web Analytics ▲ Topo