quarta-feira, 13 de abril de 2011

Arma NÃO é brinquedo

eu_apoio_infantil.gif

Estamos na semana do desarmamento infantil promovida pelo Instituto Sou da Paz em São Paulo. E o debate é nacional. Arma não é brinquedo e ainda que esteja nas mãos inocentes de crianças constitui um perigo. Ao entrar no universo lúdico infantil, a arma leva consigo todo um significado de violência que não desejamos que esteja presente na educação de nossos filhos e  pode acabar confundindo o pequeno que a carrega nas mãos. Afinal, apontar uma arma para o colega e puxar o gatilho plástico é brincar de que? De tirar a vida.

Vivemos tempos difíceis, em que as imagens da violência são propagadas a todo instante e , ainda que estejamos atentos somos pegos de surpresa. Há quase uma semana, quando um louco invandiu uma escola em Realengo, Rio de Janeiro, portando armas, uma delas comprada por R$266,00, a televisão não teve qualquer pudor em mostrar cenas de desespero  e violência ao vivo antes das 10 horas da manhã, quando as crianças estão em casa assistindo tv. Por isso eu tenho convicção de que todo cuidado é pouco.

Lembro que meu fillho ganhou uma espada de plástico como lembrança em uma festinha no ano passado e na hora fiquei sem saber o que fazer, parada com aquela coisa nas mãos. Era apenas uma espadinha do Peter Pan, o personagem  da nossa infância.  Meu filho , que adora música, me tirou a espadinha imediatamente e falou : “ Mãe, olhe, ganhei uma tuba!”. Não precisei esconder a espada , ele a toca como tuba até hoje.

Sei que logo logo ele reconhecerá sua tuba como uma espada, mas acho que não preciso explicar isso a ele agora, aos 3 anos de idade. O que eu preciso é preservar , por enquanto seu universo tal como deve ser: infantil. Não pense que ele não brinca de polícia e ladrão com os primos nas reuniões de família. Não tenho como evitar que o menorzinho da turma fique fascinado com o bangue-bangue e o pow pow seguido de correria. Apesar da ausência de brinquedos, polícia e ladrão continuará sendo uma brincadeira, mas não precisa servir de treinamento.

Este post faz parte da blogagem coletiva Arma NÃO é brinquedo. Saiba mais visitando o site do Instituto Sou da Paz

6 comentários:

  1. Vanessa,
    Tb sou contra dar armas de brinquedos à crianças, pq é sim um incitamento à violência, e o que mais vemos todos os dias nos noticiários é irmão que matou irmão e coisas do gênero...
    Então sim, eu apóio essa causa!

    Belo texto!
    bjo

    ResponderExcluir
  2. eu apoio tbm vou colocar no meu blog
    http://charnafinha.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Também não concordo em dar armas de brinquedo às crianças. Se isso acontecer comigo, guardo pra depois jogar fora, sem remorso... quem devia ter pensado nisso é a pessoa que presenteia com um negócio desses...

    ResponderExcluir
  4. Também não concordo em dar armas de brinquedo às crianças. Se isso acontecer comigo, guardo pra depois jogar fora, sem remorso... quem devia ter pensado nisso é a pessoa que presenteia com um negócio desses...

    ResponderExcluir
  5. eu apoio tbm vou colocar no meu blog
    http://charnafinha.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Vanessa,
    Tb sou contra dar armas de brinquedos à crianças, pq é sim um incitamento à violência, e o que mais vemos todos os dias nos noticiários é irmão que matou irmão e coisas do gênero...
    Então sim, eu apóio essa causa!

    Belo texto!
    bjo

    ResponderExcluir

Comente, debata conosco, deixe sua opinião. Mãe é tudo igual agradece.

Web Analytics ▲ Topo